segunda-feira, 6 de junho de 2016

PARQUE TECNOLÓGICO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

Parque Tecnológico de São José dos Campos se torna o maior do País

Instituição no Vale do Paraíba conta com 304 empresas, distribuídas em centros empresarias, incubadoras, centros de desenvolvimento tecnológico e APLs.

 
O Parque Tecnológico São José dos Campos e o Centro para a Competitividade e Inovação do Cone Leste Paulista (Cecompi) se tornam nesta semana uma só organização. Com isso, o Vale do Paraíba passa a abrigar o maior complexo de inovação e empreendedorismo do País, com um total 304 empresas e seis instituições de ensino e pesquisa. Na união das duas instituições prevaleceu a denominação Parque Tecnológico São José dos Campos, cuja sede fica no km 138 da Via Dutra (SP-RJ) em uma área de 25 milhões de metros quadrados.

Inaugurado em 2009, o Parque foi o primeiro a ser credenciado no Sistema Paulista de Parques Tecnológicos. Sua atividade é diversificada, constituída por diferentes ambientes e tem a participação de empresas de vários segmentos econômicos, como aeronáutico, espacial, TIC, saúde e automotivo, dentre outros. Conta também com unidades de seis instituições de ensino e pesquisa, como as universidades Estadual Paulista (Unesp) e Federal de São Paulo (Unifesp) e o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).

"Somos um ambiente diversificado, com uma forte sinergia de empresas entre si e de empresas com instituições de ciência e tecnologia", resume Marco Antonio Raupp, diretor geral do Parque e ex-ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação (fevereiro 2012-março 2014). Ele dá ênfase também ao fato de a instituição ser financiada por recursos tanto privados como públicos. Desde sua criação, o Parque teve investimentos de R$ 1,9 bilhão.

Ambientes diversos
O Parque Tecnológico São José dos Campos é o único no mundo em que são realizadas atividades das três maiores fabricantes mundiais de aviões: Boeing, Airbus e Embraer. Isso se deve aosvários ambientes que compõem a instituição.

São três centros empresariais, onde estão60 empresas de pequeno, médio e grande porte. Todas elas realizam atividades de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação.
P,D&I é o foco também dos cinco Centros de Desenvolvimento Tecnológico, dedicados a projetos em Saúde, TIC, Aeronáutica, Águas e Saneamento Ambiental, e Construção Civil. Cada Centro conta com uma empresa-âncora e várias empresas menores.
Os laboratórios do Parque são também utilizados pelas empresas em seus projetos de inovação. São três laboratórios: de Estruturas Leves; de Simulação de Sistemas Críticos; e de Desenvolvimento em Manufatura.
O Arranjo Produtivo Local de TIC reúne 66 empresas, desenvolvedoras de softwares, hardwares e serviços de TI, com foco principal em varejo, cidades inteligentes e indústria 4.0.
Já o Cluster Aeroespacial e de Defesa, encabeçado pela Embraer, reúne 116 empresas,distribuídas em seis Estados brasileiros. Elas atuam em consultoria, engenharia, serviços, indústria e manufatura, e defesa e segurança.
O Parque tem a sua própria incubadora de empresa e cuida de outras duas, externas, todas elas vinculadasao Programa Municipal de Incubadoras de São José dos Campos. No total, são 32 empresas incubadas.
Outras 30 empresas estão nas Galerias do Empreendedor, programa de natureza socioeconômica realizado em três bairros da periferia de São José dos Campos.
O Parque conta ainda com um Escritório de Negócios, cuja finalidade é colaborar com as empresas no seu desenvolvimento junto ao mercado. Os serviços são oferecidos também para empresas não vinculadas ao Parque Tecnológico.
Expansão
Estão sendo construídos mais um Centro Empresarial e dois laboratórios: um de Compatibilidade e Interferência Eletromagnética, e outro de Manufatura Digital e Prototipagem Virtual.
Paralelamente, o Parque se volta para a expansão imobiliária e a instalação de novos estabelecimentos de serviços para atender sua população de seis mil pessoas. Para isso, a administração está aberta a parcerias com empresas dos setores potencialmente interessados, como incorporadoras e construtoras imobiliárias, estabelecimentos bancários, restaurantes, lojas comerciais e prestadores de serviços diversos.
 
Parque Tecnológico São José dos Campos em números:
- R$ 1,9 bilhão em investimentos
- 25 milhões de m² é a área
- 6 mil pessoas diariamente
- 60 empresas residentes no Parque
- 6 instituições de ciência e tecnologia
- 116 empresas associadas ao APL Aeroespacial
- 66 empresas associadas ao APL TIC
- 32 empresas incubadas
- 30 microempresas as Galerias do Empreendedor
- 4 auditórios e 3 salas para locação para eventos
- 830 vagas de estacionamento de veículos


Nenhum comentário:

Postar um comentário